Publicidade

STF suspende julgamento sobre afastamento de ministro baiano Aroldo Cedraz do TCU

O valentense e seu filho Tiago Cedraz foram denunciados pelo Ministério Público Federal por tráfico de influência.
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela suspensão do julgamento sobre o pedido de afastamento do ministro Aroldo Cedraz do Tribunal de Contas da União (TCU). Baiano, ele é investigado junto ao filho, o advogado também baiano Tiago Cedraz, em um inquérito sobre recebimento de propina da UTC para beneficiar a construtora na tramitação de processo no órgão.

O julgamento foi transferido para o dia 13 de agosto. Ele começou no dia 6 de agosto, mas foi suspenso pela presidente da Turma, a ministra Cármen Lúcia, logo após a leitura do relatório do ministro Edson Fachin. Ela aceitou pedido do advogado de Cedraz, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

Aroldo e Tiago foram denunciados pelo Ministério Público Federal por tráfico de influência. Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), autora da acusação formal, os dois pediram propina a Ricardo Pessoa em troca da manutenção da licitação para construção da usina nuclear de Angra 3, que foi questionada pelo TCU.

Além do afastamento, a PGR pediu que o STF aceite a denúncia, tornando pai e filho réus. Outras duas pessoas também são acusadas por participação do crime, casos de Bruno de Carvalho Galiano e Luciano Araújo de Oliveira, sócios de Tiago.
Fonte: BNews

STF suspende julgamento sobre afastamento de ministro baiano Aroldo Cedraz do TCU STF suspende julgamento sobre afastamento de ministro baiano Aroldo Cedraz do TCU Reviewed by Aelson fotos on 10:50 Rating: 5

Nenhum comentário