Publicidade

Atenção para nota da Secretaria de Saúde de Mairi

A Secretaria Municipal da Saúde por meio da Vigilância Epidemiológica Municipal (VIEP) alerta a população Mairiense, para que estejam atentos aos acidentes com animais peçonhentos em especial escorpiões uma vez que altas temperaturas desta época do ano fazem com que estes animais fiquem mais ativos, aumentando as chances de acidentes. Uma das preocupações é com o escorpião amarelo, o Tityus serrulatus, cuja ferroada pode até levar à morte.

A picada do escorpião é venenosa e pode provocar efeitos tanto na região atingida quanto no sistema nervoso. Os sintomas mais comuns são: dor local podendo ser acompanhada de sensações na pele como formigamento, queimação, dormência; febre ou temperatura mais baixa que o comum; e excesso de suor. Também podem ocorrer vômito, náusea, arritmias e complicações neurológicas, como paralisia.

Durante o ano 2019, a VIEP recebeu 77 notificações de acidentes com escorpiões no município, sendo que não houveram casos graves notificados no município.

Importante destacar, quanto ao controle químico de escorpiões, de acordo com o Manual de Vigilância, Prevenção e Controle de Zoonoses do Ministério da Saúde até o presente momento não há estudos que comprovem a efetividade do uso de produtos químicos. Portanto, não existe eficácia na aplicação de venenos, podendo inclusive causar um efeito indesejável que é o desalojamento dos animais abrigados. Os mesmos são perturbados pelo veneno e saem em busca de novos abrigos aumentando assim o risco de acidentes com os próprios moradores locais ou vizinhos.

Orientações

No ambiente domiciliar o escorpião se abriga embaixo de madeiras velhas, lenha, tijolos, restos de construção, entulhos e frestas de calçadas, muros e paredes.
 
O lixo doméstico mal acondicionado, restos de alimentos e sujeira nos domicílios são atrativos para os insetos, como as baratas e outros que são alimentos para os escorpiões.

Cuidados:

1. Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo domiciliar;

2. Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados;

3. Não jogar lixo em terrenos baldios;

4. Eliminar fontes de alimentos dos escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos insetos;

5. Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;

6. Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam escorpiões;

7. Remover folhagens, e plantas junto às paredes externas e muros;

8. Rebocar paredes e muros para que não apresentem vãos ou frestas;

9. Vedar soleiras de portas;

10. Reparar rodapés soltos e colocar telas em janelas;

11. Colocar telas em aberturas de porões e manter assoalhos calafetados.

Os cuidados devem ser redobrados, principalmente entre as crianças, idosos e pessoas com imunidade baixa. Segundo os especialistas, esse público é o mais suscetível a sofrer complicações decorrentes do ataque de animais peçonhentos.

Sílvia Ferreira – Secretária Municipal de Saúde

Karolline Matos – Coordenadora Viep
Atenção para nota da Secretaria de Saúde de Mairi Atenção para nota da Secretaria de Saúde de Mairi Reviewed by Aelson fotos on 04:09 Rating: 5

Nenhum comentário