Publicidade

Caso Guilherme: manifestantes saem às ruas de Coité com pedido de Justiça e realizam corrente de oração

O largo do Mercado foi o local de grande concentração onde as pessoas deram as mãos e fizeram uma corrente de oração pela recuperação de Guilherme, em seguida se dirigiram para o Largo da Igreja Matriz para mais uma concentração e encerramento da manifestação 
“Não foi acidente”. Uma das faixas levadas para manifestação no fim da tarde desta quarta-feira, 21, no centro de Conceição do Coité contrariava a versão inicial que o coiteense Guilherme Carvalho, 21 anos, que afirmava que o jovem havia caído de uma altura de 12 metros, de um camarote quando participava do Festival de Verão, na Arena Fonte Nova, em Salvador, há 9 dias. A mãe de Guilherme, Ana Maria gravou um áudio bastante otimista pelo que vem apresentando o quadro de saúde do jovem, embora continue em estado grave na UTI do Hospital Geral do Estado – HGE. “As noticias dele hoje são boas, quando ele viu o pai, se emocionou, porque já estão tirando a sedação e a médica que estava de plantão foi a mesma que atendeu ele no primeiro dia. Ela me disse que a evolução dele nessas últimas 24 horas são bem significativas, em comparação ao que ela deixou sexta-feira passada, quando a equipe toda saiu preocupada, mas de ontem pra cá teve uma melhora maravilhosa”, afirmou a mãe de Guilherme, que agradeceu a todos que vem sendo solidários e orando para que Deus possa agir na sua recuperação.
Centenas de pessoas se vestiram de branco com o pedido de paz, realizaram corrente de oração com pedido da recuperação de Guilherme e uma resposta para o caso, pois, pela índole do estudante não se acredita que ele tivesse se envolvido em confusão como surgiu essa informação, nem que ele tivesse tentando fugir de um assaltante e se desequilibrado resultado na queda. “Apareceu uma testemunha que disse que viu Guilherme sendo jogado de lá de cima por um segurança. Queremos saber quem foi, estamos querendo ver as imagens das câmeras internas, mas até agora nem a Arena Fonte Nova, nem a organização do festival liberou”, lamentou um dos organizadores da manifestação em Coité.
A manifestação contou com o apoio de familiares e amigos dos jovens de Salgadália Henrique e Victor, mortos pela Policia no dia 7 de dezembro, para as pessoas que utilizaram o microfone a situação não pode ficar impune, nem no caso dos jovens de Salgadália, nem de Guilherme.
O largo do Mercado foi o local de grande concentração onde as pessoas deram as mãos e fizeram uma corrente de oração pela recuperação de Guilherme, em seguida se dirigiram para o Largo da Igreja Matriz para mais uma concentração e encerramento da manifestação.
Durante a manifestação, homenagens foram realizadas e todos deram as mãos em oração | Foto: Raimundo Mascarenhas

Redação CN

Caso Guilherme: manifestantes saem às ruas de Coité com pedido de Justiça e realizam corrente de oração Caso Guilherme: manifestantes saem às ruas de Coité com pedido de Justiça e realizam corrente de oração Reviewed by Aelson fotos on 09:09 Rating: 5

Nenhum comentário